Eclipse Lunar - 15 de junho de 2011

Eclipse lunar de 24 de março de 1997 fotografado por José Carlos Diniz (NGC51-REA)
       
       Se as nuvens e o tempo chuvoso, típico desta época do ano no leste do nordeste do Brasil nos permitir, no início da noite do dia 15 de junho poderemos apreciar um belo espetáculo da natureza, um eclipse Lunar. No próximo dia 15, a Lua nascerá por volta das 17h e 07 min já totalmente encoberta pela parte mais escura da sombra da Terra, a umbra. A partir das 18h e 02 min irá lentamente saindo da umbra e penetrando na penumbra, que é a parte mais clara da sombra da Terra. A Lua sairá completamente da umbra por volta das 19h e 02 min e da penumbra às 20h. Se o tempo, as condições atmosféricas, permitirem é um espetáculo que ninguém deve perder. O Observatório Astronômico Genival Leite Lima, estará aberto ao público com seus telescópios em prontidão aguardando esse espetáculo cósmico.

Diagrama mostrando a trajetória da Lua na sombra da Terra para o próximo eclipse. NASA Eclipse website 

      O eclipse lunar ocorre quando a Lua em seu movimento orbital, encontra a sombra que a Terra projeta no espaço. Pode ser total ou parcial, dependendo se a Lua é totalmente ou parcialmente encoberta pela sombra da Terra  A distância do Sol à Terra e seus diâmetros determinam duas regiões na sombra da Terra, a umbra e a penumbra. A umbra é a sombra mais escura e central, onde poucos raios solares incidem. Já a penumbra recebe a incidência de parte da luz proveniente do disco solar, por isso é uma sombra mais clara. Quando ocorre um eclipse lunar total, a Lua encontra primeiro a penumbra, chama-se esse momento de primeiro contato ou P1.inicia-se o eclpse penumbral. É difícil perceber o escurecimento nesta fase pois a diferença na Lua antes  e depois de estar eclipsada é pequena. Depois que a lua entra na penumbra ela encontra a umbra, aí começa a fase do eclipse umbral. Esse momento é denominado segundo contato ou U1.Percebemos uma sombra encobrindo a região oeste da Lua e que progessivamente vai cobrindo toda a Lua. No momento em que o limbo lunar leste encontra a umbra, ocorre o terceiro contato ou U2. Inicia-se aí a fase total do eclipse. Como o diâmetro da sombra da Terra à distância em que a Lua se encontra é maior que esta, ela permanece deslocando-se na umbra da terra. Quando o limbo oeste da Lua encontra  novamente a umbra, ocorre o quarto contato ou U3. A fase de totalidade umbral do eclipse chega ao fim e inicia-se a fase parcial umbral. Esta fase acaba, quando o limbo leste da lua encontra o limite da umbra. Nesse momento se dá o quinto contato ou U4. A partir daí a Lua desloca-se na penumbra  até quando o limbo lunar leste encontra o limite da penumbra, esse momento é o sexto contato ou P4, que marca o fim do eclipse.


Horários dos eventos do eclipse


Primeiro contato P1 (limbo lunar toca a penumbra) - 14h 24min 33s - Lua abaixo do horizonte
Segundo contato U1 (limbo lunar toca a umbra)     -  15h 22min 25s - Lua abaixo do horizonte
Terceiro contato U2 (Limbo lunar toca a umbra oeste com a Lua totalmente imersa) - 16h 22min 29s - Lua abaixo do horizonte
Quarto contato U3 (Limbo lunar oeste toca a umbra leste com a Lua totalmente imersa) - 18h 02min 41s
Quinto contato U4 (limbo lunar leste toca a umbra leste. Fim do eclipse umbral) - 19h 02min 14s
Sexto contato P4 (limbo lunar toca a penumbra leste.Fim do eclipse penumbral) - 23h omin 44s

*todos os eventos com horário de Brasília. 



O Observatório Astronômico Genival Leite Lima, OAGLL é um projeto da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, está localizado no CEPA 15ª Coordenadoria de Educação
Apoio:
Secretaria de Estado da Ciência da Tecnologia e da Educação
Usina Ciência da Universidade Federal de Alagoas
Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas