Encontro do XVII Encontro de Astronomia do Nordeste


    

 Nos dias 15, 16 e 17 de junho de 2017 aconteceu o XVII Encontro de Astronomia do Nordeste, XVII EANE, no Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas - CEPA, Maceió AL. O encontro foi organizado pela Liga Norte-Nordestina de Astronomia - LINNEA com o apoio e coordenação local do Observatório Astronômico Genival Leite Lima e do Clube de Astronomia de Maceió. No encontro tivemos uma ótima programação científica, apresentações orais, pôsteres palestras, minicursos e exposições. Tivemos representantes de cinco estados do nordeste e até um do sul do país!
Palestra "Em busca dos meteoritos brasileiros" da
Profa. Dra. Maria Elizabeth Zcolotto da UFRJ e Museu Nacional.
     O credenciamento iniciou às 17:00 hrs na quinta feira 15 de junho . A abertura do Evento teve início às 19:30 h no Espaço Cultural Linda Mascarenhas. Após a apresentação do hino do Estado, cada um dos componentes da mesa apresentou suas considerações sobre o encontro. Em seguida, tivemos o prazer de assitir a excelente palestra intitulada”Em busca dos meteoritos brasileiros” da professora Dra. Maria Elizabeth Zucolotto da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Museu Nacional. Depois da palestra, terminamos o primeiro dia do encontro com um coquetel com os participantes.
     Na sexta feira, 16 de junho, iniciamos o dia com as palestras e as apresentações de pôsteres, astrofotografia astropoesias e palestras: “O ensino de astronomia na educação básica segundo a legislação vigente” do Professor Me. José Isnaldo Barbosa / IFAL – UFAL. “A origem e as dimensões do metro” Prof José Rodrigues de Medeiros – APA. À tarde, depois do almoço, tivemos apresentações orais e em seguida o lanche com pôsteres e exposições. Após a pausa, prosseguimos com dois minicursos simultâneos e logo em seguida, a palestra do professor Me. Mitsuo Ishiguro da Sociedade Astronômica do Recife, intitulada "Astronomia e meio-ambiente". Encerramos as atividades por volta das 19h. A noite chuvosa nos impediu de visitarmos o observatório.
Palestra de encerramento do XVII EANE. "Cosmologia dos Mitos
 gregos às equações de Einstein" do
Prof. Dr. Antônio de Pádua dos Santos da UFRPE.
     No sábado 17 de junho, Reiniciamos as atividades a partir das 9h conforme programado, com mais duas palestras excelentes proferidas pelos Sr. Paulo Vamberto da Associação Paraibana de Astronomia – APA e pelo Sr. Marcelo Zurita da APA e Brazilian Meteor Observers Network – BRAMON, tivemos também, é claro as exposições. A tarde mais dois minicursos e a excelente palestra de encerramento, intitulada “Cosmologia – Dos mitos gregos às equações de Einstein” proferida pelo prof. Dr. Antônio de Pádua dos Santos da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Após a palestra tivemos a assembleia final do XVII EANE , na qual foi escolhida para sede do XIX EANE, a ser realizado em 2019, a cidade de Arapiraca, AL. O professor José Edson Cavalcante defendeu a candidatura da cidade.

     Esperamos continuar trabalhando de maneira conjunta nas próximas atividades. O evento foi subdividido em vários simpósios, grupos de trabalhos e sessões constatando apresentações orais e através de pôsteres, além de palestras.

Foto oficial do XVII EANE. Créditos Marcelo Zurita - APA - BRAMON. 


Os nossos mais sinceros agradecimentos pelo apoio à Secretaria da Educação do Estado de Alagoas, Usina Ciência - UFAL, Colégio Monte Sinai, Colégio Rosalvo Ribeiro, Colégio Saint Germain e a todos os amigos que vieram participar e construir conosco esse nosso XVII EANE.
 
Abaixo, algumas fotos do evento.


Professora Cristiane Souza e o
Padre Jorge Polman
Professor José Rodrigues e Rubens de Azevedo
dois grandes mestres lado a lado.  
Professor José Edson e nosso saudoso Genival Leite.

Minicurso de construção de espelhos esféricos
 para telescópios newtonianos.


Mesa da plenária final do XVII EANE. Da esquerda
para direita: Adriano Aubert, Mitsuo Ishiguro,
Romualdo Caldas, Thaynara Santos, Ronaldo Cristiano,
 Ivo Matias e Paulo Vamberto.   
Turma do ACE de Arapiraca e SEASE de Aracaju.



Paulo Vamberto - APA, apresentando sua palestra.
Marcelo Zurita - APA-BRAMON e equipe
do CAVT de Cacimbinhas
Apresentação de pôsteres.


Equipe do CAVT de Cacimbinhas. 
David Duarte e Romualdo Caldas - CEAAL
 apresentando o minicurso sobre astrofotografia.









Marcelo Zurita apresentando o seu minicurso
sobre alinhamento polar para astrofotografia.

Observação solar com filtros no XVII EANE.










/ Dayane Silva e Adriano Aubert - OAGLL-CECITE.

Aviso - Início do Curso de Fundamentos de Astronomia para Professores.



O Início do Curso de Fundamentos de Astronomia para Professores ocorrerá nas datas abaixo.

Polo Maceió -  Início do curso em 18/03/2017 - Sábado às 13h  no Centro de Ciências e Tecnologia da Educação no CEPA.

Polo União dos Palmares -  Início do curso em 25/03/2017 - Sábado às 13h. Local à definir.

Polo Penedo -  Início do curso em 01/04/2017 - Sábado às 13h. Local à definir.

Polo Arapiraca -  Início do curso em 08/04/2017 - Sábado às 13h. Local à definir.

Polo Santana do Ipanema -  Início do curso em 15/04/2017 - Sábado às 13h. Local à definir.


Curso de Fundamentos de Astronomia para Professores - Inscrições abertas.


      De 18 de março a 02 de dezembro de 2017, o Observatório Astronômico Genival Leite Lima, componente do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação, que está vinculado à Superintendência de Políticas Educacionais da Secretaria da Educação do Estado de Alagoas estará ofertando o Curso de Fundamentos de Astronomia para Professores. O Curso será semipresencial e terá 80 horas. Terá 50 vagas distribuídas em 5 cidades polos: Maceió, União dos Palmares, Penedo, Arapiraca e Santana do Ipanema. Em cada polo ocorrerão cinco encontros presenciais, sendo estes distribuídos ao longo do ano. As aulas presenciais irão acontecer aos sábados à tarde e em escolas a ser definidas com as Gerencias Regionais de Educação e posteriormente informada ao cursista. O Curso é gratuito e será certificado pela SEDUC.

Inscrições encerradas.

Mais Informações:
e-mail: observatorio.oagll(arroba)educ.al.gov.br
Fones: (82) 9 8878-5915 / (82) 3342-5073.

O Eclipse Anular (Parcial) de 26 de fevereiro de 2017.

Para o Brasil o eclipse será parcial.

     Próximo domingo, 26/02/2017, ocorrerá o primeiro eclipse solar do ano. O Eclipse será anular, uma vez que a Lua, a 371.853 km, estará aparentemente menor que o Sol e portanto, não encobrirá todo o disco solar. O diâmetro do Sol é cerca de 411 vezes maior que o da Lua, contudo, o Sol está a aproximadamente 390 vezes mais distante da Terra que a Lua. Por isso, os dois tem, vistos da Terra, aproximadamente o mesmo tamanho angular, cerca de 0,5º. Quando a Lua em seu movimento orbital passa entre o Sol e a Terra, dependendo do alinhamento dos três corpos, pode ocorrer um eclipse solar. Acontece que a órbita da Lua em torno da Terra não é circular, é elíptica. Isto faz com que ocorram eclipses nos quais a Lua está a diferentes distâncias de nosso planeta. No próximo domingo a Lua será cerca de 10 segundos de arco menor que o Sol e portanto, o eclipse será anular. Contudo, somente os observadores que estiverem em uma faixa de cerca de 30 quilômetros de largura, que vai do sudeste do oceano pacífico até o sudoeste da África, passado pelos sul do Chile e Argentina, irão ver o eclipse anular total. Para o Brasil o eclipse será parcial. Em Maceió, o eclipse será tal que, no máximo, cerca de 27% do disco solar será encoberto pela Lua.  

Trajetória da sombra da Lua sobre a superfície da Terra. F. Espenak, GSFC da NASA.

Início do eclipse
11h13
Máximo do eclipse parcial
12h24
Fim do Eclipse
13h37
Horário de Brasília.

 Para observar o eclipse, alguns cuidados devem ser tomados. Você nunca deve olhar diretamente para o Sol. Além da radiação intensa dos comprimentos de onda do espectro visível, estão presentes, na luz solar, as radiações infravermelha e ultravioleta que são nocivas. Portanto, se você deseja observar o eclipse, recomendamos que você utilize o método de projeção, seja a partir de um pequeno orifício, de uns 3 ou 4 mm, em um papel cartão ou mesmo papelão com um pedaço de papel alumínio fixado com fita crepe e onde se fará o orifício. Basta alinhar o orifício e Sol que você verá projetada uma pequena imagem do Sol na parede ou em um anteparo qualquer. Melhor ainda será se você dispor de um binóculo – use-o apenas para projetar a imagem do Sol e NUNCA para olhar diretamente para o Sol. O método de projeção é o mais seguro e não oferece risco algum.  

Projeção com papel cartão e papel alumínio com pequeno orifício.
Fonte: physics.weber.edu/schroeder/astro/SizeOfSun.html

Projeção com bióculo. Fonte www.Shallowsky.com.

O Observatório Astronômico Genival Leite Lima é um dos grupos componentes do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação, que está vinculado à Superintendência de Políticas Educacionais da Secretaria da Educação do Estado de Alagoas. Para realizar suas atividades conta com o apoio dos:
Usina Ciência da UFAL.
Clube de Astronomia de Maceió.






20ª OBA e 11ª MOBFOG - Inscrições abertas até 19/03/2017.


   Já estão abertas as inscrições para a 20ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e para a 11ª Mostra Brasileira de Foguetes.



1º Encontro dos Clubes de Astronomia de Alagoas

Prof. Elton Malta do IF-UFAL abriu o 1º EnCAL com sua
palestra "A física dos calendários".
     Nos dias 09 e 10 de dezembro tivemos o prazer de realizar o 1º Encontro dos Clubes de Astronomia de Alagoas - 1º ENCAL. O encontro aconteceu nas dependências do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação, CECITE, que está localizado no Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas,CEPA, na avenida Fernandes Lima, s/n, Farol, Maceió, AL. O objetivo do 1º ENCAL foi o de reunir os clubes de astronomia que fazem parte do projeto "O Clube de Astronomia de minha escola", que é um projeto da Secretaria da Educação, para avaliar suas atividades, compartilhar conhecimentos e integrar estes grupos com outros já existentes em nosso estado.


O Superintendente de Políticas Educacionais da SEDUC-AL,
 prof Ricardo  Lisboa trouxe ótimas notícias para os clubes
 de astronomia das escolas estaduais. 
    O Encontro teve início às 9h30 do dia 09/12/2016 com a fala do coordenador do projeto e também do observatório astronômico, porfessor Me. Adriano Aubert. Logo em seguida, ouvimos o belo hino de nosso estado. Iniciamos o encontro com a excelente palestra do professor Dr. Elton Malta do Instituto de Física da Universidade Federal de Alagoas, intitulada "A física dos calendários". Na palestra o professor Elton explicou como características dos movimentos da Terra e da Lua nos levaram a definir os períodos de tempo tão importantes para nossa vida moderna. Após a palestra do professor Elton, o Superintendente de Políticas Educacionais, professor Me. Ricardo Lisboa trouxe boas novas aos novos clubes de astronomia que estão sendo estimulados a se
Bruno Bianchi apresentando o seu trabalho sobre a importância
da pesquisa espacial par a sociedade. 
formar e participar da construção de conhecimento em nossas escolas. A Secretaria da Educação do Estado estará, através da do OAGLL-CECITE-SUPED, disponibilizando recursos como bolsas de estudos e equipamentos como telescópios, binóculos para cada um dos clubes de astronomia das escolas das redes estaduais. Isto já a partir de 2017! Após a fala do superintendente, houve uma pequena pausa para um lanche e logo em seguida, iniciamos as apresentações dos pôsteres. Dez trabalhos foram apresentados. O Astronomy Club Eclipse de Arapiraca, o Clube de Astronomia Valentina Tereshkova de Cacimbinhas e o OAGLL de Maceió apresentaram suas pesquisas.

Professor José Edson (à direita), coordenador do ACE, apresentou as
 atividades e participação em eventos em 2015 e 2016.

José Cláudio e Pablo Vinícius membros do PAM apresentando as
 atividades desenvolvidas  em 2016.

    Às 14h30, após o almoço, retornamos para as apresentações orais. Iniciamos com a apresentação de Bruno Bianchi do Clube de Astronomia de Maceió, CLAM, intitulada "A Importância da Pesquisa espacial para a ciência e a sociedade". Depois foi a vez de José Cláudio e Pablo Vinícius, do Projeto Astronomia Mirim - PAM, apresentarem um relato sobre a trajetória do PAM em 2016. Em seguida, o professor José Edson discorreu sobre as atividades desenvolvidas pelo Astronomy Club Eclipse - ACE, da Escola Estadual Senador Rui Palmeira de Arapiraca. Após a apresentação do ACE, estava programada a apresentação da Sociedade Astronômica Galileu Galilei, da E.E. Cônego José Bulhões de Dois Riachos, que infelizmente não teve representação devido a um imprevisto que impediu que o

Lucas Barros e Marília Gabriela, alunos da
 E.E. Afrânio Lages  apresentando o seu
trabalho sobre
Fenômenos  Lunares Transitórios - IniCiA 2016.
 seu coordenador pudesse vir a Maceió. O próximo a apresentar foi o professor Me. Jenivaldo Lisboa que relatou as atividades do Clube de Astronomia Valentina Tereshkova - CAVT, da Escola Estadual Muniz Falcão em Cacimbinhas, AL. Em seguida, tivemos a apresentação do primeiro trabalho do Programa de Iniciação Científica em Astronomia - InCiA 2016 do OAGLL-CECITE. Lucas Barros e Marília Gabriela apresentaram seu estudo e lista de referências sobre os fenômenos
Maria Gabriela, aluna da escola Nossa Senhora do Amparo,
 apresentando seu trabalho sobre a estrela
variável l Carinae - IniCiA 2016.
Valquíria Guimarães, aluna da E.E. Fernandes Lima,
apresentando seu trabalho sobre os parâmetros
orbitais de estrelas duplas - IniCiA 2016.
lunares transitórios. O segundo trabalho do IniCiA 2016, de Maria Gabriela de Brito, aluna do 2º ano da Escola Nossa Senhora do Amparo, intitulado "Determinação dos parâmetros físicos da estrelas variável cefeida l Carinae" no qual a aluna demonstrou como, a partir da fotometria visual assistida por programas de computador, pôde calcular parâmetros como distância, massa e raio relativos da estrela. A última apresentação oral do Inicia, foi de Valquíria Guimarães, aluna do 3º ano da E.E. Fernandes Lima, que discorreu sobre os parâmetros orbitais de estrelas binárias. Valquíria apresentou a metodologia utilizada e os resultados da análise de vídeo das estrelas binárias Alfa Centauri e Beta Scorpi. Após a
apresentação de Valquíria, a coordenação atendeu ao pedido de Luiz Lima de Nascimento para apresentar um relato sobre as atividades do Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas, CEAAL. Após a fala de Luiz, tivemos mais uma parada para um lanche. Retornamos para a apresentação de Pedro Barros do CLAM. Pedro é jornalista recém formado e nos apresentou algumas orientações sobre publicações em periódicos. Após a fala de Pedro iniciamos a mesa redonda cujo tema foi o de avaliarmos os êxito e reveses das atividades dos clubes de astronomia na escola em 2016. Contudo, devido ao horário, deixamos para concluir a mesa redonda na manhã seguinte. Às 19h fizemos uma pausa para o jantar. Retornamos por volta das 20h ao observatório onde pudemos aproveitar a noite sem nuvens para observarmos com os telescópios e socializarmos as experiências vividas pelos clubes de astronomia nas escolas estaduais. Juntaram-se aos participantes alguns visitantes que vieram ao observatório durante a Semana Alagoana de Astronomia. Encerramos as atividades às 22h. 

Professor José Isnaldo IFAL e IF-UFAl, em sua palestra
 sobre o ensino de astronomia segundo a legislação vigente.
  No Sábado, 10/12/2016, iniciamos com a palestra do professor Me. José Isnaldo de Lima. A palestra intitulada "O ensino de astronomia na educação básica segundo a legislação vigente" foi excelente, primorosamente apresentada pelo professor do Instituto Federal de Alagoas e doutorando em ensino de Ciências e Matemática. Esclareceu vários pontos sobre as orientações para o ensino de astronomia na educação básica. Após a palestra, retomamos a discussão sobre o êxito e dificuldades das atividades dos clubes de astronomia na escola em 2016. Fizemos apontamentos sobre as principais dificuldades, ganhos e sugestões para melhorias do projeto. Logo após o término da mesa redonda, iniciamos a assembleia final do 1º ENCAL. Reunimos na mesa, representantes dos cinco clubes de astronomia presentes no encontro. Representando o CAVT, o professor Jenivaldo Lisboa, o ACE o professor José Edson, O
O diretor do CECITE, Prof. Ronaldo Cristiano entrega o
 telescópio "Luciano Barbosa" ao coordenador do ACE,
 prof. José Edson da E.E. Sen. Rui Palmeira de Arapiraca, AL.
CLAM Rôse Meire Dias, O PAM estava representado pelo José Cláudio e o CEAAL por Luiz Lima. Após uma breve fala de cada um dos representantes, iniciamos as votações. O primeiro tópico a ser votado foi se os encontros dos clubes de astronomia de Alagoas deverão ser anuais, foi aprovado por unanimidade. A segunda questão apresentada, foi onde irá ocorrer o 2º ENCAL? O professor Edson se propôs a organizar o encontro de 2017 em Arapiraca, que também foi aprovada. A terceira questão a ser votada na assembleia, se referiu à construção de um documento dos grupos que participaram do encontro propondo a expansão do números de clubes de astronomia nas escolas para 2017, também foi aprovada.  A última questão se referiu ao número mínimo de
Prof. Charles Magalhães do OAGLL entrega o telescópio "Laura"
ao coordenador do CAVT, prof. Jenivaldo Lisboa da
E. E. Muniz Falcão, Cacimbinhas, AL. 
clubes para a expansão em 2017. Quatro novos clubes deverão ser criados nas escolas estaduais, sendo que uma delas, deverá ser uma escola de Maceió. Encerrada a pauta da reunião, foram entregues os telescópios, binóculos e apontador de laser verde aos coordenadores dos clubes. O professor Ronaldo Cristiano  entregou o Telescópio "Luciano Barbosa" e os equipamentos ao professor José Edson do ACE e o professor Charles Magalhães entregou o telescópio "Laura" e os equipamentos ao professor
Jenivaldo Lisboa, coordenador do CAVT. Enfim, após a entrega dos equipamentos, o professor Ronaldo Cristiano, diretor do CECITE, apresentou suas considerações sobre a importância do trabalhos dos clubes de astronomia nas escolas, agradeceu a presença de todos  e declarou encerrado o 1º ENCAL.









Mais algumas fotos do 1º Encontro dos Clubes de Astronomia de Alagoas.

Da esquerda para direita: Rôse Dias (CLAM), Robert Cristhyan (PAM),
 Pedro Barros (CLAM), Pablo Vinícius (PAM) e Arthut Levy (PAM).









Pedro Barros (CLAM), Jenivaldo Lisboa (CAVT)
 e Rôse Dias (CLAM).
Rôse Dias e José Cláudio (CLAM). 










Rôse Dias (CLAM), Jenivaldo Lisboa (CAVT) e
Demitry Messias (ACE), momento descontraido
após a apresentação dos pôsteres.
Participantes do 1º ENCAL no encerramento. 
       Nossos agradecimentos à toda equipe da Secretaria da Educação, em especial ao secretário Dr. Luciano Barbosa, à secretária Executiva profa. Dra. Laura Cristiane, ao Superintendente de Políticas Educacionais prof. Me. Ricardo Lisboa pelo apoio incondicional sem o qual não conseguiríamos realizar esse nosso 1º Encontro dos Clubes de Astronomia de Alagoas. Agradecemos também, aos palestrantes, prof Dr. Elton Malta e prof. Me. José Isnaldo e a todos que vieram prestigiar e participar  do nosso encontro.

Resumo.
1º Encontro Alagoano dos Clubes de Astronomia.

Realizado por; OAGLL-CECITE-SUPED-SEDUC-AL.
Local: Centro de Ciências e Tecnologia da Educação no CEPA. 
Data: 09 e 10/12/2016.
Total de inscritos: 40 (quarenta).
Total de participantes efetivos: 34 (trinta e quatro).
Número de trabalhos apresentados: 2 (duas) palestras; 10 (dez) apresentações orais; 10 (dez)pôsteres.
Grupos participantes: Astronomy Club Eclipse-ACE; Clube de Astronomia Valentina Tereshkova - CAVT; Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas - CEAAL;  Clube de Astronomia de Maceió - CLAM; Projeto Astronomia Mirim - PAM.


O Observatório Astronômico Genival Leite Lima é um dos grupos componentes do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação, que está vinculado à Superintendência de Políticas Educacionais da Secretaria da Educação do Estado de Alagoas. Para realizar suas atividades conta com o apoio dos:
Usina Ciência da UFAL.
Clube de Astronomia de Maceió